quarta-feira, 17 de junho de 2015

INDÚSTRIA

No Nordeste, empregos na indústria da construção já caíram 2,57% em 2015
Números apresentados no estudo da Conjuntura da Cadeia da Construção divulgados pela ABRAMAT - Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção – apontam que os empregos na indústria de materiais de construção caíram 2,57% no Nordeste do país nos primeiros três meses de 2015, em comparação ao mesmo período do ano passado.
Segundo o relatório, o Rio Grande do Norte registrou queda de 10,62% no primeiro trimestre deste ano em comparação ao acumulado dos últimos 12 meses, a maior baixa entre todos os Estados que compõem a região. Entretanto, houve alta de 0,46% ante o mês de fevereiro, registrando 8.802 postos de trabalho.
Alagoas e Paraíba foram os únicos que registraram altas nos últimos 12 meses: 2,08% e 1,57%, respectivamente. O estudo revelou ainda que 9.741 empregos foram registrados na indústria de materiais de construção na Paraíba, enquanto que 3.343 empregos em Alagoas. Ao todo, o Nordeste registrou 123.675 postos de trabalho nos primeiros três meses deste ano.
Para Walter Cover, presidente da ABRAMAT, a queda de 7,4% na produção de materiais de construção resultou na perda de postos de trabalho esse ano. “A queda da produção da indústria é maior do que a queda nos empregos. Se nos próximos meses esta retração na produção continuar, com certeza ocorrerão mais demissões”, afirma.
Sobre a ABRAMAT
Desde a sua fundação, em abril de 2004, a ABRAMAT acompanha e contribui para o crescimento da Construção Civil no país, atuando como interlocutora do setor junto ao Governo e aos demais agentes da cadeia produtiva da construção civil. A entidade representa aproximadamente 70% de toda indústria dos materiais de construção. Entre os temas que representam os focos de atuação da entidade estão: a competitividade da indústria, a desoneração fiscal de materiais para construção, a conformidade técnica e fiscal na produção e comercialização dos materiais, a profissionalização da mão-de-obra da construção, o inventivo ao desenvolvimento da construção industrializada (pré-moldados) e a responsabilidade socioambiental dos agentes do setor.


Fonte:





Fernando Valensoela

Assessor de Imprensa

EDUCAÇÃO

MEC vai criar fórum para acompanhar piso salarial dos professores


O MEC (Ministério da Educação) vai publicar no próximo dia 24 duas portarias que avançam no cumprimento do PNE (Plano Nacional de Educação). A data marca um ano de vigência do plano e o fim do primeiro prazo estipulado na lei.
As portarias criam o fórum de acompanhamento do piso salarial dos professores e uma comissão, com representantes de Estados, municípios e da União, para tratar das metas do plano. O anúncio foi feito no 15º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, pelo secretário de Articulação com os Sistemas de Ensino do MEC, Binho Marques.
O PNE foi sancionado na íntegra pela presidente Dilma Rousseff após quase quatro anos de tramitação no Congresso Nacional. A lei estabelece metas e estratégias para melhorar a educação nos próximos dez anos. Entre elas, estão a erradicação do analfabetismo e a universalização do atendimento escolar dos 4 aos 17 anos. Está também o investimento de pelo menos 10% do PIB (Produto Interno Bruto) até o fim da vigência.
O fórum de acompanhamento do piso vai ser formado pelo MEC, pela Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação) -que representam os Estados-, e pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação). Por lei, o piso salarial dos professores é ajustado anualmente. Atualmente está em R$ 1.917,78.
"Se você quiser saber hoje quem paga o piso, ninguém sabe. Porque nós não temos um acordo nem sobre os conceitos. Como é a hora-atividade, como funciona? Ninguém sabe", diz Marques. Segundo ele, a intenção é que seja criado um portal onde se possa consultar dados de todo o país de cumprimento ou não do piso salarial.
"A gente vai ter reuniões regulares para atualizar a informação de quem paga e quem não paga e para discutir assuntos relacionados ao piso. Por exemplo, ninguém concorda com o modelo atual [de cálculo do reajuste], mas não temos consenso quanto a um modelo", acrescenta.
A criação do fórum está prevista no PNE e o prazo para que isso seja feito é de um ano. Perguntado se o governo deixou para a última hora, o secretário diz que a questão está sendo discutida há mais tempo.
SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO - Além do fórum, será criada uma instância para discutir o PNE com Estados, municípios e a União. "Como somos uma federação, sem um sistema nacional, todo mundo tem muita autonomia, mas é uma autonomia que beira a soberania e isso não é bom porque a gente não consegue trabalhar de maneira articulada. Todo sistema nacional que se preze tem uma comissão tripartite. É uma instância de pactuação entre governo estadual, municipal e federal", diz.
A instância servirá de base para a criação de um Sistema Nacional de Educação, articulando os três entes, que também é previsto no PNE e deve ser criado até meados do ano que vem. "É um ato de comemoração do primeiro ano do plano, que para nós é uma grande vitória", diz.
Outros pontos deverão avançar. Segundo Marques, o governo vai fazer uma audiência também no dia 24 de junho para discutir uma política de formação de professores, data em que termina o prazo do PNE.
Em seis meses deve começar a ser discutido o Custo Aluno Qualidade Inicial (CAQi), mecanismo criado pela Campanha Nacional de Direito à Educação para medir quanto é necessário por aluno para garantir a qualidade na educação básica. Pela lei, o CAQi deve ser implementado até o ano que vem, com dois anos de vigência do plano.
Para o coordenador da campanha, rede que envolve mais de 200 grupos e entidade no país, Daniel Cara, o governo não trabalhou com seriedade no plano e pouco se avançou em direção ao cumprimento.
"Esse é o aspecto que fica evidente. O governo tinha que ter chamado a sociedade, inclusive, porque esse é um princípio do plano, há um ano atrás, para discutir o planejamento para cumprir cada uma das metas. Isso não foi feito. Agora lança uma série de medidas e diz que está cumprindo com algo que para ser sério deveria ter sido feito muito antes".
O 15º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação começou nesta terça (16) e vai até sexta-feira (19), no município Mata de São João (BA). Ao todo, participam 1.687 representantes de 1.067 municípios.


Fonte: Agência Brasil 

ECONOMIA LOCAL

NA CIDADE DE BUÍQUE A POPULAÇÃO LOTOU O CENTRO PASTORAL PARA PARTICIPAR DA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE BACIA LEITEIRA E POTENCIAIS ECONÔMICOS
O Centro Paroquial de Buíque ficou pequeno para o grande número de participantes da audiência sobre “Bacia leiteira de Buíque e potenciais econômicos do Agreste Meridional”. O evento aconteceu durante toda a manhã desta quarta-feira (17.06) e foi promovido pelo Deputado Estadual Eduíno Brito (PHS). 

Produtores, empresários, líderes comunitários participaram ativamente dos debates, especialmente sobre a situação da produção leiteira e de derivados naquela região. Buíque é um dos maiores produtores do estado, mas nos últimos anos vem enfrentando problemas. O Deputado vem acompanhando tudo de perto, buscando ouvir a população "a fim de contribuir para o avanço do interior e desenvolvimento do nosso estado".

sábado, 13 de junho de 2015

CAPACITAÇÃO DE GESTORES MUNICIPAIS

CICLO DE CAPACITAÇÃO CHEGA AO AGRESTE NESTA SEGUNDA-FEIRA
Os municípios do Agreste recebem, a partir de segunda-feira desta semana, o primeiro Ciclo de Capacitação voltado para gestores municipais. A iniciativa é da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado, através do Instituto de Gestão e do Escritório de Projetos, que oferecerá os cursos de Contratação, fiscalização de obras públicas e prestação de contas e Captação de recursos e convênios. As aulas são gratuitas e serão ministradas em Caruaru, na Universidade Mauricio de Nassau, entre os dias 15 e 19, das 8h às 18h. As inscrições podem ser feitas até esta sexta-feira (12). 
O secretário executivo de Desenvolvimento do Modelo de Gestão e presidente do Instituto de Gestão, Maurício Cruz, destaca a importância da participação dos gestores no Ciclo, que faz parte de um conjunto de ações integradas que formam a estratégia do Governo do Estado de fortalecimento das parcerias com os municípios. “O ciclo de capacitação deve ser visto em conjunto com o Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), o Escritório de Projetos e criação da Secretaria Executiva de Apoio aos Municípios, dentro da estrutura da Secretaria de Planejamento”, explica Maurício. 
A gerente de Profissionalização da Gestão, Vânia Campos, da Secretaria de Planejamento, afirma que os cursos foram montados com o intuito de oferecer aos gestores municipais conhecimentos que potencializem ao máximo a capacidade das prefeituras de aproveitarem ações como o FEM e o Escritório de Projetos. “Nosso objetivo é que, no futuro, as prefeituras possam desenvolver melhor seus próprios projetos, independente do Estado”, afirmou.
A abertura do Ciclo de Capacitação foi em Petrolina, com os cursos voltados aos municípios do Sertão. Participaram 56 gestores, representantes de 26 cidades sertanejas. Depois do Agreste, será a vez da Zona da Mata e da Região Metropolitana receberem os cursos, com aulas realizadas no Recife a partir do dia 29.


Fonte: NÚCLEO INTEGRADO DE COMUNICAÇÃO
Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado de Pernambuco

terça-feira, 9 de junho de 2015

DESCASO OU ABANDONO?

Série Buíque Babilônia: 

ESGOTO A CÉU ABERTO NA RUA AMÉLIA CAVALCANTI


Desde que iniciamos uma série de reportagens recebemos todos os tipos de críticas por parte de pessoas ligadas ao governo municipal da cidade de Buíque. Compreendo a posição de cada um, mas como sempre deixei bem claro em minhas postagens, não buscamos denegrir, nossa intenção é das melhores possíveis para a melhoria da qualidade de vida de nossa população.

Não sou DEUS!

Não possuo o poder da palavra e nem mesmo o poder da caneta para ordenar e assinar em baixo de qualquer que seja o documento e a obra ser executada no tempo em que eu queira ou ache que seja benéfico ou a meu favor.

Desta vez estamos atendendo ao apelo de um de nossos leitores, que assim nos enviou relatos e fotos do local, isso é algo de fundamental importância para o enriquecimento de toda a população. Todos estão contribuindo e nos enviando fotos a todo o momento, só que publicamos aos poucos e no devido tempo que for conivente á postagem ser publicada.

Estas são fotos da Rua Amélia Cavalcante – Buíque.

Passei outro dia destes por esta rua e pude constatar a veracidade da informação que complementa esta matéria aqui no nosso Blog BUÍQUE DA GENTE.

Um morador desta rua entrou em contato conosco em nome de todos os que ali residem e nos relatou que já cobrou soluções e intervenções da Secretaria de Obras do Município de Buíque com relação a este esgoto a céu aberto na já mencionada rua. Sem se quer um parecer a respeito deste CAOS. Esta é a mesma rua que dá acesso ao posto Nossa Senhora das Graças.

Segundo o que nos relatou o morador: ‘’Temos uma NASCENTE que a cerca de quinze dias jorra água podre, fedentina dia e noite. Além de a mesma NASCENTE ficar em frente a um pequeno mercado, desce o restante da avenida sem permitir que os seus moradores possam sequer abrir suas portas e janelas.

Se já é insuportável para os adultos, Imagine para as nossas crianças terem de respirar este ar poluído e cheio de impurezas!

Após o infinito saneamento em nossa cidade, temos que conviver este CAOS nesta rua.

E mais, quando o esgoto não está estourado, volta nos ralos dos nossos banheiros!'' Acrescenta o morador.

O morador nos informou formalmente que foi procurar a Secretaria de Obras e a pessoa do responsável Secretário de Obras foi anunciado, em seguida pediram-lhe que aguardasse e tomou um verdadeiro chá de cadeira aguardando pacientemente por mais de 1 hora sem se quer ser atendido.

Enquanto outras pessoas e políticos, vereadores, adentravam a sala sem que fossem anunciados.

O morador da Rua em seus relatos falou à nossa redação ter percebido até mesmo o desinteresse do secretário em receber ou tratar do assunto por lhe parecer relevante no momento.

‘‘Ao que parece, a Vigilância Sanitária é ‘‘CEGA’’ bem como todos os outros setores e secretarias que não cobram ou agem em favor da melhoria para a nossa cidade e nossa amada população’’ Acrescentou o morador.


Bom, agora esperamos que depois desta matéria algo seja ao menos e no mínimo solucionado na Rua Amélia Cavalcanti que também dá acesso ao Matadouro e à Colônia Penal Feminina de Buíque.

quarta-feira, 3 de junho de 2015

CONCURSO

Novo concurso da Polícia Militar da Paraíba com 30 vagas


Estão sendo oferecidas 30 vagas. Interessados devem se inscrever para o Enem.


Foi publicado nesta quarta-feira (3), no Diário Oficial do Estado, o edital do concurso para o Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar. Estão sendo oferecidas 30 vagas, sendo 25 para homens e cinco para mulheres. As inscrições começam no dia 6 de julho e seguem até 10 de agosto. Os interessados em concorrer à seleção também devem, obrigatoriamente, se inscrever para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As inscrições para o Curso de Formação de Oficiais (CFO) devem ser feitas exclusivamente pelo site da Polícia Militar. Os candidatos precisam pagar uma taxa de R$ 50, que deve ser quitada no máximo até o dia 11 de agosto.
Além de passar pelo Enem, que é o exame intelectual e tem as inscrições se encerrando na sexta-feira (5), os candidatos precisam passar por mais quatro etapas no concurso. Eles têm que se submeter a testes psicológicos, de saúde, de aptidão física e também avaliação social.

De acordo com o edital, os interessados ainda precisam preencher alguns pré-requisitos estabelecidos pela Polícia Militar. Só podem participar homens com no mínimo1,65 m de altura e mulheres com pelos menos 1,60 m. Os candidatos também precisam ter no mínimo 18 anos e no máximo 30, no período da matrícula.

Clique aqui e confira o edital na íntegra, a partir da página 14 do DOE.



PREVENÇÃO

Campanha de vacinação contra a gripe termina nesta sexta-feira (5)
Até o momento, 68,5% do público-alvo já foi vacinado. Campanha foi prorrogada para atingir a meta de vacinar 80% das pessoas vulneráveis às complicações da gripe.

A Campanha de Vacinação contra Gripe termina nesta sexta-feira (5/6). Balanço do Ministério da Saúde indica que, até esta terça-feira (2/6), foram vacinados 34 milhões de brasileiros, o que corresponde a 68,5% do público-alvo. A meta é vacinar, pelo menos, 80% do público prioritário, formado por 49,7 milhões de pessoas, consideradas com mais riscos de desenvolver complicações causadas pela doença.

Até o momento, o único grupo que já atingiu a meta é o das puérperas (45 dias após o parto), com 357,7 mil de mulheres vacinadas (88%). O segundo grupo com maior cobertura é o dos idosos, com 15,2 milhões de doses aplicadas (73%). Em seguida estão os trabalhadores da saúde, com 2,7 milhões de vacinados (67,9%); crianças de seis meses a menores de cinco anos, com 8,1 milhões de doses (64,4%); as gestantes, com 1,3 milhões de doses aplicadas (60,3%). Entre os indígenas, foram 363,2 mil vacinados (60%). Além do grupo prioritário, também foram aplicadas 5,8 milhões de doses nos grupos de pessoas com comorbidade, população privada de liberdade e trabalhadores do sistema prisional.

Apenas quatro estados já atingiram a meta: Amapá (86,8%), Paraná (81,5%), Espírito Santo (80,68%) e Santa Catarina (80,65%). Entre as regiões do país, a maior cobertura de vacinação foi no Sul, com 4,7 milhões de doses administradas, o que representa 79,6% do público-alvo. A 17ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe teve início em 4 de maio, com previsão de encerramento no dia 22 de maio. Para atingir a meta de imunizar 80% do público-alvo, o Ministério da Saúde prorrogou a campanha até 5 de junho.

A definição dos grupos prioritários segue a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), além de ser respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

A vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde em 2015 protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela OMS para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). A vacina contra influenza é segura e também é considerada uma das medidas mais eficazes na prevenção de complicações e casos graves de gripe. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, o ideal é realizar a imunização antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe vai do final de maio até agosto.

Para receber a dose, é importante levar o cartão de vacinação e o documento de identificação. As pessoas com doenças crônicas ou com outras condições clínicas especiais também precisam apresentar prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a dose, sem necessidade de prescrição médica.

PREVENÇÃO – A transmissão dos vírus influenza ocorre pelo contato com secreções das vias respiratórias que são eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como medida de prevenção, tais como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.

Em caso de síndrome gripal, a recomendação é procurar um serviço de saúde o mais rápido possível. A vacina contra a gripe não é capaz de eliminar a doença ou impedir a circulação do vírus. Por isso, as medidas de prevenção são tão importantes, particularmente durante o período de maior circulação viral, entre os meses de junho e agosto.

Também é importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe - especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações - devem procurar, imediatamente, o serviço médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.


REAÇÕES ADVERSAS – Após a aplicação da vacina pode ocorrer, de forma rara, dor no local da injeção, eritema e enrijecimento. São manifestações consideradas comuns, cujos efeitos costumam passar em 48 horas.  A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados. É importante procurar o médico para mais orientações.

Fonte Direta: AGÊNCIA SAÚDE 
agencia.saude@saude.gov.br
Vínculo: Blog BUÍQUE DA GENTE

terça-feira, 2 de junho de 2015

COLETIVA

Escritório de Projetos recebeu 110 propostas
Foto: Douglas Fagner
Lançado em março pelo governador Paulo Câmara, o Escritório de Projetos (EP) recebeu 110 propostas até a última segunda-feira (1º). O valor total solicitado pelas prefeituras pernambucanas para o financiamento da elaboração de projetos de engenharia foi de R$ 20,9 milhões, mais que o dobro do total disponibilizado pela Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado, onde funciona o EP, para os municípios neste ano. Do total de propostas, 13 foram apresentadas por consórcios.
“Fazemos um balanço positivo do resultado do edital, não só pela quantidade de municípios que apresentaram propostas, mas também pelo foco das demandas. Recebemos 12 de temas ligados à gestão de resíduos sólidos, 22 de saneamento, 14 de abastecimento d’água, 53 de urbanização, três de educação, seis de saúde. É importante também destacar a participação dos municípios nas atividades de orientação e capacitação disponibilizadas pelo EP, o que demonstra, da parte dos gestores, uma preocupação na qualificação de profissionais das prefeituras”, afirma o secretário de Planejamento e Gestão, Danilo Cabral.
Apesar da demanda, o Governo do Estado, atendendo a uma solicitação dos prefeitos pernambucanos, decidiu prorrogar por uma semana o prazo de entrega de propostas. Segundo o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, o pedido de prorrogação se deve à participação de muitos gestores na Marcha dos Prefeitos, em Brasília, o que prejudicou a entrega da documentação.
O edital para o financiamento da elaboração de projetos foi lançado em março e o EP começou a receber as propostas no dia 1º de abril. Elas devem ser nas áreas de infraestrutura urbana e rural, educação, saúde, segurança, desenvolvimento social, meio ambiente e sustentabilidade. Mesmo com a prorrogação, a divulgação do resultado dos projetos que receberam financiamento ocorrerá em 30 de agosto.
As propostas podem ser apresentadas pelas prefeituras isoladamente ou através de consórcios municipais. Serão disponibilizados até o limite de R$ 200 mil por proposta. No caso de consórcio de municípios, o valor limite por proposta será diferenciado: R$ 300 mil, para consórcios com duas cidades e R$ 400 mil, para entidades com três ou mais cidades.
Além de financiar a elaboração de projetos, o EP atua em outras duas linhas, a orientação à captação de recursos e a capacitação de gestores, em parceria com o Instituto de Gestão, entidade também vinculada à Secretaria de Planejamento e Gestão. Oitenta e nove prefeituras assinaram o termo de adesão para participar do primeiro ano de orientação. O objetivo é dar consultoria e auxiliar os municípios na identificação de fontes de recursos e na formulação de projetos, apoiá-los na gestão de convênios e capacitar o corpo técnico municipal. Para isso, são realizadas reuniões periódicas com técnicos do EP.
Desde a criação do EP, já foram realizadas duas rodadas de orientação aos gestores municipais – nos dias 12 e 20 de maio – e outras três já estão marcadas. Entre os dias 8 a 12 deste mês, os técnicos da Secretaria de Planejamento e Gestão vão estar em Petrolina, no Sertão, para ministrar os cursos Contratação, fiscalização de obras públicas e prestação de contas e de Captação de recursos. De 15 a 19, os cursos ocorrerão em Caruaru, no Agreste, e em julho, no Recife.

Fonte:





SEMINÁRIO

“Seminário Destino PE” encerra, em Garanhuns, as atividades no Agreste

A “Cidade das Flores” será a última da segunda etapa a receber o projeto que debate os rumos do Turismo de Pernambuco

A Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco (Seturel-PE), por meio da Empresa de Turismo de Pernambuco – Governador Eduardo Campos (Empetur) encerra o ciclo de atividades do “Seminário Destino PE” no Agreste do Estado amanhã (3/6), em Garanhuns (Sesc de Garanhuns, às 8h30). Após percorrer os municípios de Gravatá e Pesqueira, nos últimos dois dias, debatendo com representantes do trade turístico soluções que possibilitem acelerar o desenvolvimento dos municípios no setor, a comitiva parte para encontrar os representantes da região.

Durante o encontro na cidade serão discutidos assuntos como: estrutura dos equipamentos turísticos; organização da cadeia produtiva do turismo; recursos e atrativos turísticos; sensibilização e capacitação dos recursos humanos; gestão pública do turismo; e ações de esportes e lazer. Para debater os temas são esperados secretários municipais de turismo e cultura, associações ligadas ao turismo, ao artesanato e à cultura popular, e empresas do setor (meios de hospedagem, agências, bares e restaurantes, locadoras de carro, organizadores de eventos e guias de turismo).

Assim como em todos os seminários realizados até o momento, os municípios do entorno de Garanhuns foram convidados para integrar a mesa de debates. São eles: Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Buíque, Caetés, Calçado, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Iati, Itaíba, Jucatí, Jupi, Jurema, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmeirina, Paranatama, Pedra, Saloá, São João, Terezinha, Tupanatinga, Venturosa.

“Sabemos que iremos encontrar em Garanhuns o mesmo envolvimento das pessoas que trabalham com turismo que encontramos nos outros municípios e cidades e do entorno”, destaca o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.

O início da terceira etapa do “Seminário Destino PE” já tem data marcada. Será dia 15/06, em Fernando de Noronha, partindo, logo após, para Triunfo e Afogados da Ingazeira, nos dias 18/06 e 19/06, respectivamente.

Datas do Seminário DestinoPE
Garanhuns- 03/06/2015
Fernando de Noronha - 15/06/2015
Triunfo- 18/06/2015
Afogados da Ingazeira - 19/06/2015
Tamandaré- 29/06/2015
Nazaré da Mata - 01/07/2015
Ilha de Itamaracá - 02/07/2015
Recife- 03/07/2015

FONTE:

SECRETARIA DE TURISMO, ESPORTES E LAZER DE PERNAMBUCO
ASSESSORIA DE IMPRENSA
Gestora de Comunicação - Lorena Ferrário
Chefe de reportagem - Alessandra Raposo
81.3182.8355 / 81.9488.3112
Jornalistas assistentes: Ana Luíza Accioly | André Albuquerque | Joyce Pina
81.3182.8356 / 8357

segunda-feira, 1 de junho de 2015

PROFISSIONALIZAÇÃO

Quando você escolhe uma universidade líder no ensino a distância e que formou mais de 200 mil alunos. O seu diploma é  mais valorizado.

No Polo Objetiva Unopar, você estuda on-line quando quiser e, uma vez por semana, tem aula na unidade com a sua turma. O diploma é o mesmo do presencial. 

Agora ficou acessível cursar Administração, Ciências Contábeis, Educação Física, Pedagogia, Serviço Social, Análise de Sistemas, Gestão Ambiental, Gestão Hospitalar, Gestão em Recursos Humanos e Gestão Pública, além de várias outras opções de cursos de graduação e pós-graduação. As mensalidades cabem no seu bolso.

Inscreva-se já!!!

Para fazer sua inscrição acesse www.unoparead.com.br ou ligue para o Polo Objetiva Unopar (87) 3821.1572, localizado na Rua Eutrópio Freire, nº 47, Centro, Arcoverde PE.
Polo Objetiva Unopar, mais próximo para você ir mais longe.

Link

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...